124

Prefeitura Municipal de Ituberá

Pular para o conteúdo

Vacinação contra a COVID-19 em Ituberá começa nesta terça-feira

19/01/2021 às 16h42

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A vacinação contra a COVID-19 em Ituberá será iniciada nesta terça-feira (19), com a primeira dose do imunizante.

Segundo o Plano Municipal de Vacinação, haverá estrutura em vários locais, para evitar aglomeração e administrar a vacina com segurança. Existe a possibilidade da vacinação casa a casa, destinada a idosos que têm mobilidade limitada ou que estejam acamados. Foi realizada a aquisição das agulhas, seringas e outros insumos necessários, levando em consideração o estoque que já havia no município, para garantir a continuidade do calendário de vacinas.

O imunizante estará armazenado em local adequado, assegurando a conservação, onde possuí gerador e câmeras de segurança para completa proteção e segurança dos imunobiológicos.

As etapas foram definidas pelo Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. Inicialmente as doses serão destinadas ao primeiro grupo prioritário, que inclui profissionais da saúde, idosos acima de 75 anos, e pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência, indígenas, comunidades tradicionais e ribeirinhas.

Na segunda fase serão vacinadas as pessoas entre 60 a 74 anos. Em seguida, pessoas com comorbidades, como diabetes, hipertensão, doença pulmonar, entre outras. Na quarta fase, serão os professores, membros das forças de segurança e salvamento, os funcionários do sistema prisional, a população privada de liberdade, pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência institucionalizadas, pessoas com deficiência permanente severa e trabalhadores de diversos meios de transporte.

A princípio serão vacinados 34% dos profissionais da saúde da linha de frente no combate ao coronavírus em Ituberá, as fases serão executadas conforme cronograma de liberação das doses.

“Um momento muito importante pra Ituberá, pra Bahia, pro Brasil. Todo mundo na expectativa dessa vacina e nós iremos tratar isso com muita responsabilidade, de agora por diante, seguiremos à risca a determinação do Ministério da Saúde. Trataremos de vacinar as pessoas que estão na linha de frente, e assim, sem privilégios, sem prioridades, cuidando daqueles que cuidam de nós. Então de agora por diante, é dar continuidade a isso, e fazer com que nós tenhamos uma saúde melhor, e no futuro próximo todo mundo esteja livre pra poder se abraçar, pra viver em comunidade, já vacinados”, comentou o prefeito Reges Aragão.

O uso emergencial das vacinas foi aprovado no domingo (17), pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sendo elas, a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan com a Sinovac, e a AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a Fiocruz.